Da Montanha, Livro VII

Capítulo Seis


"Chaves Para as Nações"


"Minha Amada Filha, Eu sou o Pai do Céu, sim, Jeová, o Mais Altíssimo Deus. Ouça-Me, Minha Pequena, pois Eu estou te dando uma mensagem para as nações. Eu estou colocando em suas mãos chaves para as nações que abrirão avenidas, onde quer que eu te mande para estas nações em Meu mundo sagrado."

"Meu Pai, enquanto eu estou perante o Seu trono, eu tomo ambas as palavras escritas e as chaves enfiadas num anel. Há uma chave grande e muitas chaves pequenas quando eu pego estas chaves em minhas mãos, o peso é tão grande que eu faço muito esforço para carregá-las."

"Nem pelo poder, nem pelo poder humano, mas pelo Espírito de Deus."

E, quando o Altíssimo diz estas palavras, as chaves e o anel que as contém começam a irradiar uma grande luz e eu me encontro acima da Terra, atravessando muitas terras. As águas se movem rápido embaixo de meus pés, aqui e ali eu vejo lugares na terra e no mar que se iluminam enquanto eu passo. Aqui e ali eu jogo sementes, as quais vêm de um balde em minha mão esquerda; estas sementes são chamadas Sementes Sagradas de Salvação. De Norte a Sul eu vou e de Leste a Oeste eu vou enquanto estas sementes são como pontinhos no mundo. Então, depois de um instante, eu estou acima do Pólo Norte e enquanto eu estou ali, Nosso Pai vem, cheio de amor e perdão; Ele coloca uma coroa na minha cabeça. Esta coroa é chamada Coroa da Salvação, pois quando Ele coloca esta coroa na minha cabeça Ele diz "A Coroa da Salvação, pois você trará muitas almas à salvação."

E de repente, à minha frente, eu vejo uma porta; e Nosso Pai do Céu diz "Entre ali e coma." Então eu entro através da porta dourada e eu sento e como o que está adiante de mim."

"Coma este livro," diz o Altíssimo.

Então eu como o livro, página por página; e o gosto é amargo e salgado e também tem gosto de húmus e mofo; e eu acredito que eu devo estar me sentindo nauseada porque o gosto é muito ruim.

"Os trabalhos da salvação," Ele diz.

Em breve, o livro é comido e eu bebo do cálice, que está adiante de mim e o gosto é amargo e ácido e queima a minha língua e minha garganta. Mas eu bebo tudo e Ele diz. "Amargo é o cálice da salvação."

Eu me levanto da mesa e atrás de mim está um espelho e ao lado do espelho está o profeta Timothy Snordgrass e Ele diz, "Olhe!" Então ele olha no espelho e vê bestas selvagens e eu faço cara feia; pois há rinocerontes, tigres e vários pássaros de rapina, serpentes e vermes. Quando eu olho para o que está em minha frente, eu coloco as mãos na frente de meu peito e exclamo alto, "Oh, meu Deus!"

Então, Timothy diz, "Olhe!" E eu olho de novo e eis que Dennis e eu estamos num barco e nós estamos viajando em um rio remoto e eu engasgo, pois há serpentes nas árvores e de novo eu proclamo em voz alta mais uma vez, "Oh, meu Deus!"

Timothy toca a Coroa da Salvação sobre a minha cabeça e eu vejo que ele também usa tal coroa. De repente, sem razão aparente, eu sinto que vou desmaiar, pois parece que quando Timothy toca a minha coroa eu sou atingida no Espírito. E, como eu sou atingida no Espírito, eu entro em outra visão e vejo almas, como se todas estivessem vestidas de branco e elas estão levitando apenas acima do chão. No ar acima deles há uma grande irradiação que é Nosso Senhor Jesus. Ele diz "Abençoados são os pacíficos de coração; pois é deles o Reino de Deus!" E neste instante, eu vejo uma porta aberta e ela leva direto ao fogo ardente do inferno. Vindo destes abismos, eu ouço grandes gritos, prantos e gritos de voz fina, como aqueles do demônio, ele mesmo em alvoroço; e eu digo, "Oh, Senhor! Senhor Jesus, salva por seu perdão, seu amor e sua graça, para lá eu vou." E, em um instante a porta da armadilha é fechada e eu estou de volta à mesa. Timothy está atrás de mim, ainda assim ele está sumindo, como num sonho, e de novo eu sou servida para comer. Desta vez um ovo está na minha frente, não um ovo verdadeiro, pois este ovo é feito de jóias e pérolas preciosas e se abre no meio. Com estes ovo está um colar dourado e quando eu o levanto, a voz do Altíssimo Senhor Deus Jeová diz, 'Coma este ouro, pois riquezas você não tem, mas em temporada oportuna, a riqueza dos perversos será sua e esta será usada para a salvação de muitas almas."

Então, eu pego o colar dourado e o como e grande fumaça vem da minha boca. Ácido, como ácido sulfúrico, transborda da minha boca e a dor é quase insuportável; pois a minha boca queima em grande dor. Então eu vejo um vulcão explodir e eu ouço as palavras "Como aquele de Popocatapetl;" e cinzas e fumaça e lava derretida enchem o ar. Pessoas tentam escapar e algumas conseguem escapar enquanto outras não conseguem. Cidades são queimadas! Então, outro vulcão entra em erupção, "Como aquele de Kilauea," e casas são consumidas e o mar está cheio de lava derretida. Então, um terceiro vulcão explode no céu bem alto e este é "Como aquele no Monte Fuji no Japão," e o topo desta montanha é explodido por completo. Enormes pilares de madeira voam alto no céu e cinzas e pedras incandescentes voam por milhas. Lava derretida, água fervente e vapor derramam para a frente e eu ouço a voz do Altíssimo Deus Jeová dizendo "Somente três de Sete!"

Eu desmorono e chego até a mesa e eu choro e solto gemidos perante Deus enquanto lágrimas de sangue correm dos meus olhos; e quando eu choro lágrimas de sangue eu vejo a profetiza Sherri Elijah. Ele está dormindo; eu digo a ela, "Acorde, minha Irmã; pois o som da trombeta enche o ar!" E, quando ela olha, ela vê uma grande bola de fogo que enche o céu e outra e outra, tão grande é o terror que está sob as pessoas que ela diz "Oh, Meu Deus, o que é isto?" E o Altíssimo Deus Jeová diz, "Minha raiva e Minha fúria." Enquanto eu olho em grande espanto, eu digo a ela, "Sherri, venha aqui. Venha para cima desta Montanha Sagrada e veja!" E ela vem comigo alto para a Montanha Sagrada e nós olhamos para baixo e nós vemos uma represa quebrar e as águas correrem por entre montanhas e cidades inteiras são tomadas e eu ouço as palavras "Como no Peru". De repente, De repente, eu sinto que vou desmaiar pois a calamidade é tão grande e muitos irão morrer debaixo das águas! E, só quando eu sinto que vou desmaiar de tanta tristeza e dor, um grande trovão e relâmpago cai acima de nossas cabeças e uma "Estrela ardente', como se fosse uma grande "estrela ardente", cai no oceano e nós duas ouvimos e vemos esta queda. Eu ouço Nosso Pai dizer "Como no Oceano Pacífico." O vento sopra e o ar está eletrificado com fogo; e as águas que correm tomam as ilhas, fumaça, escuridão e fumaça enchem o ar. No mundo todo, as pessoas estão horrorizadas; pois um grande horror atingiu os céus; as pessoas choram em luto e tremem. Mas os anjos se regozijam; pois eles gritam "É um dia novo para o Altíssimo. Almas serão salvas! Vitórias serão conquistadas! O Altíssimo Deus Jeová reina supremo!"

Mas, abaixo eu vejo o Dragão Vermelho e digo, "Olhe, Sherri!" Pois o Dragão Vermelho alcançou novas alturas e ele pensa em aproveitar este tempo de terror para avançar em seus próprios objetivos; mas não é permitido que isto aconteça. Pois a sua cauda está presa pelo Altíssimo e seus pés estão presos pelo Altíssimo, pois não é ainda a sua temporada. E, a voz do Altíssimo Senhor Jeová toca de Sua Montanha Sagrada e Suas palavras enchem o ar quando Ele diz "Para o Homem foi dada uma temporada mais longa!" Então Sherri e eu choramos. Nós caímos com os rostos sobre a Montanha Sagrada de Deus; pois sabemos que será dado tempo adicional para a salvação de almas. Para Jeová, o Altíssimo Deus, é o louvor e a glória, agora e para sempre!

"Minha Pequena, Eu sou o seu Pai do Céu. Este é o Capítulo Seis do Livro Sete. Vá em paz neste dia e seja abençoada!"

Testemunhado, ditado e gravado neste dia 25 de Agosto de 2001,
Linda Newkirk

 

PORTUGAL     LIVRO I     LIVRO II     LIVRO III     LIVRO IV     LIVRO VII    LIVRO VIII    LIVRO IX