Da Montanha, Livro VII

Capítulo Oito

 

"Os Sete Trovões"

"Minha Amada Filha, ouça Me e escreva, pois este é o capítulo oito do Livro Sete e Minhas palavras devem fluir para você como águas correntes. Pois mesmo agora você está banhada e nadando no Rio da Vida. Eu te contei, Minha Filha, que nada do que é bom do Meu Reino seria escondido de você e portanto você e Dennis devem receber bênçãos das fontes mais inesperadas. Sim, Eu te levantarei e te usarei como uma precursora das Minhas palavras de continente a continente, de mar a mar, do Leste ao Oeste e do Norte ao Sul. Grandes e poderosos milagres te seguirão; pois a Minha mão está sobre você e Eu não falharei nas Minhas palavras para te abençoar e te deixar segura.

"Minha Filha, hoje eu devo te contar sobre os Sete Trovões e se o tempo permitir, antes de você ficar cansada, Eu devo responder as suas questões dos dois capítulos passados. Ouça Me e escreva como eu te digo; pois como você sabe, muito foi mantido oculto até este momento."

"Sim, Meu Pai."

"Minha Filha, você já viu um corvo pular em um pé e depois com o outro?"

"Meu Pai, eu já vi pássaros fazerem isto, mas eu não me lembro onde eu vi isto acontecer."

"Bem, agora você viu. Veja o corvo que pula com um pé e depois com outro!"

"E, Meu Pai, não somente este corvo pula com um pé e depois com o outro, mas ele tem anéis brilhantes em seus dedos; e quando ele pula em um pé, eu ouço o metal tinindo e brevemente eu vejo faíscas voarem dos seus pés."

"Sim, você está vendo."

"Mas, meu Pai, é uma coisa incomum ver um corvo com anéis em seus pés, pulando de tal maneira."

"Minha Filha, quem é o corvo?"

"Ele é Satanás, o demônio?"

"Você está meio certa nisto, portanto você está meio errada."

"Então o que o Senhor quer dizer?"

"Eu quero dizer, quando o corvo pula para um lado, ele é Satanás; e quando ele pula para o outro lado, ele é o Reino do Homem."

"O Reino do Homem?"

"Sim."

"Pai, o que o Senhor quer dizer?"

"Eu quero dizer que todos os que estão alinhados com o demônio e focos na luxúria do homem e nas coisas do mundo, não podem ser separados do próprio demônio."

"Sim, meu Pai, isto eu compreendo."

"Portanto o homem sempre cairá enquanto ele se alinhar com o mundo e com a zombaria do demônio."

"Sim, meu Pai Precioso, eu sei disto e eu compreendo isto, mas com certeza há mais coisas nesta metáfora do que os olhos podem ver."

"Minha Filha, você está começando a compreender de alguma forma que Minhas palavras são muito mais profundas do que os olhos podem ver."

"Oh, meu Pai, eu sempre me senti tão tola quando o Senhor fala comigo. Eu sempre me sinto tão pequena; pois eu sei que eu não posso compreender nem mesmo uma única metáfora, uma única palavra, ou uma única frase, que foi dada para mim pelo Senhor, a não ser que o Senhor me dê a explicação. É por isto que eu sempre me sinto tão tola e tenho medo que eu não vá Te ouvir corretamente e que eu interpretarei errado o que o Senhor diz. Eu tenho um grande medo disto, Pai, eu tremo e choro por dentro, por medo de Te ofender ou de ofender o seu Filho Precioso Jesus de qualquer maneira possível."

"Isto é sabido, Minha Filha. O que você sabe sobre os Sete Trovões?"

"Meu pai, eu não sei nada sobre os Sete Trovões, só que há referência sobre os Sete Trovões no Livro do Apocalipse."

"Vá e encontre a referência."

"Pai, eu encontrei. Está no Capítulo Dez do Livro do Apocalipse e diz "E eu vi outro poderoso anjo vir descendo do Céu, vestido com uma nuvem e um arco íris estava sobre a sua cabeça e sua face era o sol, os seus pés pilares de fogo; 2. E ele tinha em sua mão um pequeno livro aberto e ele colocou o seu pé direito no mar e o seu pé esquerdo na Terra; 3. E ele gritou com uma voz alta como um leão rugindo; e quando ele gritou, Sete Trovões exprimiram as suas vozes; 4. E quando os Sete Trovões expressaram as suas vozes, eu estava para escrever; e eu ouvi uma voz do Céu dizendo para mim, sele estas palavras que os Sete Trovões expressaram e não as escreva."

"Meu Pai, eu tenho escrito o que parece ser relevante. Mas a palavra continua a declarar que não deveria haver mais tempo, como dito pelo anjo. Mas, nos dias da voz do sétimo anjo, quando ele começa a soar, o mistério de Deus deverá terminar, como Ele declarou a seus servos e profetas. Então, João pegou o pequeno livro do anjo e o comeu e este era doce em sua boca mas amargo em seu estômago. Pai, eu tenho lido o que o Senhor me aponta, mas eu não entendo por quê o Senhor quis que eu lesse isto."

"Minha Preciosa, sente-se quietam pois o significado está para ser dado a você."

"Sim, Meu Pai."

"Minha Filha, nós devemos voltar para o corvo que pula; e eu peço a você: Vá e pegue um pedaço de papel debaixo de sua asa esquerda e leia o que está escrito neste papel."

"Meu Pai, eu pego este papel. E é um envelope; e quando eu abro o envelope vazio e branco eu vejo um pedaço de papel que diz 'Procure primeiro o Reino de Deus e tudo será dado a você.' No reverso deste lado do papel estão as palavras, 'Você ;e um dos Sete Trovões.' Neste instante, o papel pega fogo e eu vejo grandes explosões nos céus. Como se uma grande bomba nuclear explodisse, pois eu vejo janelas de edifícios explodindo e palmeiras estão se encurvando enquanto maremotos as atingem; e corvos negros vem em minha direção e me enfiam as garras, tentando me picar. Mas à minha volta está uma parede que parece ser feita de vidro, mas não é vidro, mas o puro poder de Deus. Todos os corvos têm anéis em seus pés; e toda esta cena de horror me lembra um filme chamado 'Os Pássaros'. Eu ficaria com muito medo, Meu Pai, salvo pelo Seu poder. Oh, meu Precioso pai, eu não sei o que fazer com tudo isto, pois eu sou apenas uma criança e eu me sinto tão insegura quanto a escrever sobre o que foi dado."

"Minha Filha, se não fosse assim, eu não teria falado."

"Oh, meu Pai, o que isto quer dizer e por que o Senhor me fez pegar este bilhete das costas do demônio?"

"Porque, Minha Pequena, ele teria escondido com segurança embaixo de suas asas; mas agora é o tempo dos Sete Trovões aparecerem; e você é um dos Sete. Veja que o demônio está tremendo em suas bases; pois grande poder é dado para estes sete para fazer grandes e poderosos trabalhos na Terra. Sim, Minha Pequena; até este momento, você tem sido relativamente escondida; mas de agora em diante você não ficará escondida. Para você, neste dia são dadas muitas chaves; e não há como você compreender isto agora; mas brevemente Eu deverei te explicar."

"Oh, meu Pai, isto me deixa mais humilde. Como eu posso escrever isto? Pois, eu nem entendo o que eu escrevo."

"Faça como eu tido, escreva o que Eu digo, senão você será tomada como desobediente."

"Oh, meu Pai, eu tenho tanto medo; um terrível medo de Te desapontar. Por favor, perdoe-me por pensar tal coisa."

"Minha Pequena, você viu a porta aberta e você viu uma parede e muitas chaves."

"Sim, meu Pai, eu vi isto."

"Todas estas chaves, Minha Filha, você irá acessar e usar. Todas. Pois eu te disse, 'Nenhuma coisa boa do Meu Reino será escondida de você"

"Meu Pai, eu estou me sentindo profundamente humilde. Eu me sinto tão pequena, ainda assim o Senhor cedeu isto a mim. Foi por isto que eu sonhei esta manhã com uma tempestade grande e escuridão vindo contra a nossa casa e eu me vi quebrando enormes árvores ao meio e jogando-as com raízes e tudo para a fogosa fornalha do inferno?"

"Sim, Minha Filha, pois Satanás sabe quem você é e ele sabe do que foi dado para você. Mas a você foi dado o poder e autoridade de quebrar, matar e destruir o inimigo. Pois, neste dia o completo poder da Roda é dado a você."

"Oh, meu Pai, eu me sinto fraca nos meus joelhos como se eu fosse desmaiar."

"Minha Filha, sente-se e beba das Águas Vivificantes; pois uma grande renovação e restauração está reservada para você."

"Meu Pai, eu estou com tanto pavor, um pavor total. Eu pergunto ao Senhor, eu devo escrever o que os Sete Trovões disseram? Ou eu devo escrever parte disto?"

"Você escreverá partes; pois para cada um é dada a sua própria parte até que tudo o que foi selado seja dito."

"Quanto tempo, Pai? Quanto tempo isto levará?"

"Levará meses e anos; pois como você sabe, eu estendi uma temporada em favor de Meu povo. Durante esta temporada de favor os Sete Trovões irão falar grandes e poderosas coisas. Eles irão atravessar o mundo. E quando esta temporada de graças acabar, não haverá mais tempo. A Humanidade irá para o lado do Corvo ou para o lado do Reino de Deus. Minha Filha, pondere no que você tem visto. Você não pode compreender isto neste momento; mas em temporada apropriada você compreenderá. Eu sou o seu Pai do Céu, sim, Jeová, o Altíssimo Deus."

Testemunhado, ditado e gravado neste dia 28 de Agosto de 2001,
Linda Newkirk

 

PORTUGAL     LIVRO I     LIVRO II     LIVRO III     LIVRO IV     LIVRO VII    LIVRO VIII    LIVRO IX